• galeria das minas

A CONTRIBUIÇÃO DE UMA ARTISTA PARA A LUTA DE CLASSES

Atualizado: Abr 28


POR LORENA ROSA



Artista que não reconhece e denuncia ferramentas sociais utilizadas para a opressão de uma classe é conivente e cúmplice do sistema. O papel da arte é refletir a sociedade. E a nossa sociedade carece — e considerando nosso contexto político brasileiro digo carecer urgentemente — de esclarecimentos sobre as questões de classe e de gênero sobre as quais, até então, poucos tiveram chance ou mesmo interesse em se debruçar.


Seguindo a linha do materialismo histórico, afirmo que o artista é um servo da sociedade que tem como dever moral revelar os mecanismos da ideologia apontando a verdade. Ou seja, que direito tenho eu, vinda da roça e conhecedora do sofrimento vivenciado por mulheres que habitam a zona rural e não tem a quem clamar por socorro quando são vítimas de aprisionamento e silenciamento sistêmico baseados em uma tradição paternalista e obsoleta, de não usar minha força de trabalho para denunciar a realidade que conheço intimamente? Que direito tenho eu, mulher branca e com acesso às teorias de desenvolvimento humano e social, de não usar meu lugar dentro da arte para dar vez aos apelos incipientes de uma legião de mulheres que começam a entender seus postos de vítimas de violência obstétrica, de gênero, doméstica? Que tarefa tenho eu, que consigo enxergar a força da esperança e admiração que mulheres artistas ao meu redor me dedicam, senão a de liderar polêmicas e fazer refletir nossa invisibilização, não só como artistas, mas como trabalhadoras, através da minha pesquisa?


Nessa perspectiva, enquanto artista, minha produção plástica deve re-fletir minha vivência e minhas experiências absorvidas em conversas com outras mulheres ou em leituras. Enquanto pesquisadora, minha produção persegue os rastros certeiros, ainda que ainda não o bastante explorados, femininos na História da Arte e do desenvolvimento social do mundo do trabalho. Este é o meu trabalho. Refletir e demonstrar o caráter classista de arte que nos é empurrado, em paralelo às divisões de gênero da área que conhecemos, livrando a arte de uma contemplação desinteressada que não cabe a ela. Até que sejamos livres da verdadeira amarra.


Às mulheres artistas: não somos seres abençoados com dons vindos do divino, somos trabalhadoras.



#art #mulheresartistas #arteesociedade


@corralolocorra

lorenarosa.carbonmade.com


17 visualizações

©2019 by galeria das minas. All rights reserved.